Por que Jesus perguntou ao homem cego se ele queria ser curado?

Jesus saiu de casa cedinho, rumo a Jericó.  No caminho passa por um homem cego que pede para ser curado. O cego não sabia que Jesus passaria pelo caminho dele. Ele estava ali pedindo esmolas e uma multidão começa a passar. Foi quando resolveu questionar, “o que está acontecendo por aqui que tem tanta gente”? Alguém respondeu para ele, “é Jesus de Nazaré que está passando”. Essa história é conta em Lucas 18:35-43.

Ele já tinha ouvido falar do Mestre, o Messias, o filho de Deus. Por isso não teve dúvidas que era a sua oportunidade de resolver o seu problema. Começou a gritar: “Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim”. A multidão, que o desprezava, tentou repreendê-lo pedindo para que parasse. Mas quem ficaria quieto diante da única oportunidade da vida de ter sua visão de volta? Não sabemos se ele nasceu cego ou fico cego em algum momento, mas de qualquer maneira enxergar era o seu maior desejo.


A pergunta

Jesus se aproxima dele e faz a pergunta: “o que você quer que eu faça?” Ora Jesus, que pergunta mais sem noção. O cara é cego e você pergunta o que ele quer? É obvio que ele quer ser curado. A questão é que Jesus sempre respeita nossas escolhas. Ele, mesmo tendo toda a sabedoria do universo, se coloca numa posição de saber o que você quer. Ele não vai direto a resposta, mas quer te ouvir, quer saber o que você realmente deseja.

Muitas vezes, quando damos conselhos ou queremos ajudar, vamos direto nas respostas e ficamos sem saber exatamente o que o outro realmente estava querendo. Nos colocamos numa posição de superioridade e nos achamos no direito de dar uma solução. Mas não foi isso que Jesus fez, ele queria saber exatamente o que o cego realmente estava querendo. Queria ouvir o desejo do seu íntimo, almejava ver o cego expressando sua angústia para depois dar a solução divina.

A resposta

Aquele homem sabia muito bem o que queria. “Eu quero ver, Senhor”, foi a resposta dele. Ele não somente teve fé, mas teve muita coragem. Ele já tinha ouvido falar de Jesus. Tinha fé no Mestre. Mas ele teve que ter muita coragem, pois a sua vida ia mudar completamente. A partir daquele dia ele estava dizendo que não queria mais auxilio dos outros para viver. Agora iria trabalhar para sobreviver, pararia de pedir esmolas. Não mais queria ser dependente dos amigos. Queria ter uma vida própria.

Ele queria uma vida diferente e sabia que Jesus poderia fazer alguma coisa para isso. Ele estava disposto a assumir a responsabilidade das consequências. Eu sei que terei que deixar toda a segurança que conquistei até aqui, mas eu quero esse futuro para mim. Eu quero ter uma nova jornada a partir de hoje na minha vida. Ao dizer, “eu quero ver”, ele estava assumindo a responsabilidade pelo seu futuro.

Jesus responde: “recupere a sua visão, a sua fé te curou”. A palavra usada aqui “curar”, significa também “salvar”. É a mesma palavra para dizer as duas coisas. Quando você se entrega totalmente a Jesus, é porque você ouviu a pergunta dele: “o que quer que eu te faça”? E quando você responde, “eu quero ver”, “eu quero ser salvo”, uma nova vida se abre para você. Novas responsabilidades, novas possibilidades, novos relacionamentos. Tenha coragem e diga sim para Jesus no dia hoje. A sua vida tomará um novo sentido.

E lembre-se que Jesus está sempre aí pronto para ouvir suas perguntas. Tenha um dia abençoado.


Rodrigo Bertotti acredita que a igreja local é a mais importante organização do planeta, e está ajudando a transformá-la num lugar onde todos amam estar. Como líder e pastor trabalha na Igreja Adventista no sul da Suíça. É um estudante de liderança, comunicação, igreja e fé, e compartilha suas ideias na igreja, no blog e em suas redes sociais. www.rodrigobertotti.com

Site Footer