4 coisas que Jesus diria para a comunidade LGBT

Arrependam-se e creiam

A comunidade LBGT é um grupo de pessoas lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros, mas não são diferentes de todos os pecadores que se arrependem e colocam sua confiança em Jesus Cristo. Isso se aplica a todas as pessoas e não somente a comunidade LGBT. Não podemos fazer diferença entre um pecado de outro, porque todos nos afastam de Deus, então Jesus, provavelmente, diria à comunidade LGBT o que Ele nos disse antes de sermos salvos e diz a todos em todo o lugar: “se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis”, Lucas 13:3.

Estou te procurando para salvar

Jesus disse: “Não vim chamar os justos, mas os pecadores, para o arrependimento” (Lucas 5:32), e isso significa todos nós, porque nenhum de nós é justo diante de Deus (Rm 3: 10-11). Nossa justiça só vem de Cristo (2 Cor 5:21) porque nós não conseguimos fazer nada de bom. Todos pecaram e pecarão, e isso inclui a comunidade LGBT. “Eu vim para dar a minha vida em resgate de todos”, e todos incluem os heterossexuais e qualquer outra sexualidade. Ele, certamente, não os atacaria ou os discriminaria, mas trabalharia para a salvação deles.

Vinde a mim

Levando em conta que todos nós pecamos e ficamos sem Sua glória (Rm 3:23), o que Ele diria à comunidade LGBT, não é diferente do que diria a mim e a você: “Vinde a mim, todos os que estão cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei” (Mt 11:28). Nós não podemos ser o juiz de alguém que está vivendo um estilo de vida contrário aos ensinamentos da Bíblia. Até podemos adverti-los sobre o que as Escrituras dizem sobre isso, mas não somos juízes. Se o próprio Cristo diz para que todos andem em Sua direção, que direito alguém tem de barrar o outro? Portanto, Jesus diria a comunidade LBGT a mesma coisa que Ele nos diz; “Vinde a mim, todos os que estão cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei” (Mt 11:28).

Eu não te odeio
Jesus nunca disse que odiava alguém. Ele esteve com a mulher pega em adultério e não a condenou, apenas dize-lhe para não pecar mais. Claro que esta mulher, como todos nós, pecaria de novo, mas Jesus estava se referindo à sua imoralidade sexual, Ele estaria disposto a ajudá-la a parar de pecar. Jesus conhece o coração de um pecador e almeja consolá-lo e transformá-lo. A morte de Jesus foi suficiente para salvar pecadores como nós (Rm 5: 6-10), e para outros que crerem nEle (João 3:16).

Conclusão

Meus amigos, o pé da cruz está nivelado. Eu estou no mesmo nível que você e todos os demais que vivem nessa terra. Não importa seu passado, os seus fracassos ou sua natureza pecadora, Jesus está pronto para te perdoar e transformar a todos nós de qualquer pecado que estamos praticando. Como sempre digo, “há mais perdão em Deus que pecado em você”. Não somos melhores que ninguém e todos nós estamos debaixo da cruz de Cristo.

Que Deus te abençoe.




Rodrigo Bertotti acredita que a igreja local é a mais importante organização do planeta, e está ajudando a transformá-la num lugar onde todos amam estar. Como líder e pastor trabalha na Igreja Adventista no sul da Suíça. É um estudante de liderança, comunicação, igreja e fé, e compartilha suas ideias na igreja, no blog e em suas redes sociais. www.rodrigobertotti.com

Site Footer