12 hábitos que te levarão ao divórcio

Cada casal que passou pela cerimonia de casamento fez a promessa de permanecerem juntos até que a morte os separassem. Mas na última década, segundo o IBGE, o número de divórcios no Brasil cresceu 160%. Hoje, no país, há um divórcio a cada 92 segundos, 39 por hora, 936 separações por dia, 28.500 por mês e mais de 341 mil por ano.

Então como podemos estancar esse mal de nossas famílias? Eu credito que evitando esses 12 hábitos podemos ter um casamento um pouco mais saudável. É claro que não coloquei em ordem de importância, é uma ordem qualquer. Apenas quero trazer os 12 hábitos que julgo necessário ser banido de nossa vida matrimonial.


  1. Criticas constante– um dos mais fortes hábitos que devemos vencer são as críticas. Geralmente elas começam cedo no casamento e podem ir num crescendo sem fim. Quando focamos somente nas coisas negativas paramos de ver o que nosso cônjuge tem de positivo e logo ali na frente não conseguiremos mais ver algo de bom na pessoa que tanto amávamos. Uma pessoa precisa de 5 elogios para compensar uma crítica, por mais pequena que seja.
  2. Ter todas as coisas separadas – quando o casal tem tudo separado, conta bancária separada, amigos separados, hobbies diferentes, os sonhos não são iguais, eles estão andando para terem uma vida separada também. Casamento é unidade, divórcio é divisão. Quanto mais você puder compartilhar mais forte estará seu casamento.
  3. Colocar o seu casamento a parte enquanto as crianças estão pequenas – muitos casais “pedem um tempo” quando os filhos nascem, para se dedicarem exclusivamente para aos pequenos. Depois de um tempo percebem que perderam a intimidade e o casamento já passou para divórcio. Dê para seus filhos o melhor presente que eles podem ter, um casamento feliz dos pais.
  4. Dar ao cônjuge somente as sobras de sua vida – alguns casais são como TV por assinatura, quando estão tentando te vender existem milhões de canais disponíveis para você, depois que você não quer mais renovar a assinatura você começa a receber somente os canais que vendem bois ou joias durante o dia inteiro. Organize a sua vida para dar o seu melhor ao seu cônjuge, nada é mais importante que ter uma família feliz, não esqueça disso.
  5. Preservar rancores – se você ficou casado por mais de 15 minutos, você, provavelmente, ofendeu o seu cônjuge. Quando nossas ações provocarem a dor temos que ser rápidos em admitir a culpa e buscar o perdão. Quando seu cônjuge o ofender, você deve oferecer a graça o mais rápido possível, para não haver tempo para o rancor se instalar no coração. Nunca use o passado ferido como munição para novos argumentos, deixe a graça fluir livremente. Somente assim terá um casamento duradouro e feliz.




6. Confiar mais em seus sentimentos que em seus compromissos – os casamentos mais saudáveis descobriram que seu amor se baseia em seus compromissos e não em seus sentimentos momentâneos. A força desse compromisso o mantêm fiel em qualquer momento de tentação ou de sentimento diferente para com seu cônjuge.

7. Tomar decisões sem consultar o outro – como já falamos anteriormente, casamento é uma unidade e cada decisão deve ser tomada em conjunto. O nosso orgulho nos força a querer mostrar que quem manda lá por casa sou eu mesmo. Mas isso só nos leva ao divórcio e nunca traz mais amor para o lar.

8. Tentar mudar o outro – quando você tentar mudar sue cônjuge vai se frustrar. Ninguém muda ninguém, você já deve ter aprendido isso. Nós somente podemos amar um ao outro, mas não conseguimos mudar ninguém. O único que você consegue mudar no casamento é aquela pessoa você consegue ver quando fica na frente do espelho. Encontre meios de amar aquela pessoa diferente que está convivendo com você. Depois de muito tempo vai perceber que vocês dois mudaram e nem se deram conta disso.

9. Ter sempre o divórcio como possibilidade – casais saudáveis tiram a palavra divórcio de seu vocabulário. Quando se tem essa possibilidade em mente tudo fica mais fácil. Vença o vício de estar sempre pronto para o divórcio.

10. Ficar escondendo que é casado – se você está intencionalmente escondendo que está casado para flertar com alguém por aí logo se encontrará no cartório assinando seu divórcio. Ou porque traiu ou porque não quer mais saber daquela pessoa que jurou ser fiel até a morte. Parece uma coisa sutil, mas o estrago será grande, acredite em mim.

11. Ver pornografia – o vício da pornografia te transforma a cada dia numa pessoa diferente, e chegará um dia que você já não é mais quem pensa que é. Você passará a não ter mais prazer no sexo natural, mas precisará de orgias e mais orgias. Já é traição por si só, mas ainda faz mal para toda a sua vida sexual. Eu gravei vários vídeos sobre assunto, você pode assistir aqui.

12. Ser egoísta – somos todos egoístas por natureza, mas um casamento só pode funcionar quando vencermos essa fraqueza em nossa vida. O casamento prospera quando os dois estão dispostos a servir e amar deixando de lado o egoísmo natural. Às vezes, a parte difícil é começar a servir, quem será o primeiro a começar? Seja forte e dê o primeiro passo, vai perceber que você tem muita influência dentro de casa e poderá transformar o seu casamento.

Estão aí alguns hábitos que todos devemos abandonar se quisermos ter um casamento feliz. Tem mais algum que você quer deixar nos comentários? Se inscreva no blog e tenha um dia feliz.




Rodrigo Bertotti acredita que a igreja local é a mais importante organização do planeta, e está ajudando a transformá-la num lugar onde todos amam estar. Como líder e pastor trabalha na Igreja Adventista no sul da Suíça. É um estudante de liderança, comunicação, igreja e fé, e compartilha suas ideias na igreja, no blog e em suas redes sociais. www.rodrigobertotti.com

1 comments On 12 hábitos que te levarão ao divórcio

Comments are closed.

Site Footer